29 de mar de 2017

Testosterona em Mulheres

Fonte: Natue.
Entenda a importância da testosterona para mulheres
Você sabia que a testosterona, comumente considerada um hormônio sexual masculino, também é produzida no corpo da mulher? É isso mesmo!
Muita gente não sabe, mas, inclusive, a deficiência desse importante hormônio no organismo feminino pode ser altamente prejudicial à saúde, sendo capaz de causar males como a perda da libido, fadiga, aumento do peso, perda da massa muscular e até depressão.
Quer saber mais sobre a importância da testosterona para mulheres e como evitar todos esses problemas? Então, fique de olho nesse artigo enviado pela jornalista Raiane Gonoli, do blog Tudo Ele, e saiba mais sobre o assunto!

O que é testosterona?
A testosterona é um hormônio esteroide, ou seja, formulado a partir do colesterol, considerado essencialmente masculino. No entanto, ele também pode ser encontrado no corpo da mulher, mesmo que em quantidades de 20 à 30 vezes menores que nos homens.
Enquanto no organismo masculino ele tem a função de estimular as características sexuais, como desenvolvimento do pênis, dos testículos, da massa muscular, além de favorecer o surgimento dos pêlos e engrossamento da voz, na mulher o hormônio é responsável, além desses mesmos benefícios, principalmente por manter o apetite sexual.
A seguir, você vai conhecer quais são os principais benefícios da testosterona para mulheres e entender por que esse importante hormônio não pode faltar no corpo feminino.

Benefícios da testosterona em mulheres:

  • Manutenção da saúde sexual;
  • Orgasmos mais fortes e prazerosos;
  • Maior resistência e saúde cardíaca;
  • Saúde dos ossos em dia;
  • Disposição e energia no dia a dia;
  • Autoestima e confiança;
  • Maior tônus muscular.

O que causa a diminuição da testosterona no corpo feminino?

Em geral, a deficiência de testosterona pode acontecer em mulheres a partir dos 40 anos, mas não é incomum encontrar casos de mulheres jovens, com idade média de 20 anos, que sofram com a ausência do hormônio no organismo.
Portanto, isso leva especialistas a acreditarem que outros problemas hormonais também possam acarretar na deficiência da testosterona em mulheres. Dentre eles:
  • Menopausa;
  • Uso de anticoncepcionais hormonais;
  • Insuficiência adrenal;
  • Insuficiência parcial dos ovários em produzir testosterona;
  • Retirada dos ovários;
  • Xenoestrógenos ambientais, como o bisfenol;
  • O uso de alguns medicamentos, como estatinas para baixar o colesterol, antidepressivos, estrogênios, glicocorticoides e anti-androgênios;
  • Falência ovariana prematura;
  • Estresse excessivo;
  • Anorexia nervosa;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Artrite reumatoide;
  • Síndrome de imunodeficiência adquirida.


Sintomas da deficiência de testosterona em mulheres:

A melhor maneira de combater os problemas causados pela baixa dos seus níveis no corpo é observando os sintomas. Caso você perceba quaisquer dos sintomas listados abaixo, procure um médico.
  • Diminuição ou perda do deseja sexual;
  • Redução dos feromônios, que são liberados através da pele para chamar atenção masculina quando está ovulando;
  • Dificuldade para atingir o orgasmo;
  • Diminuição da autoconfiança e autoestima;
  • Aumento de gordura corporal;
  • Falta de iniciativa e de vontade de se cuidar;
  • Diminuição de massa muscular;
  • Menor tônus muscular;
  • Redução da massa óssea;
  • Fadiga.

Como prevenir ou tratar a falta de testosterona?
Apesar de a queda nas quantidades do hormônio ser algo natural a partir dos 40 anos, há sim maneiras de prevenir a baixa de testosterona até atingir essa idade ou tratar quando ela já tiver acontecido.
Dentre elas estão a reposição hormonal, que também pode ser feita com outros hormônios além da testosterona; suspensão ou substituição dos medicamentos que causam o problema, como é o caso dos contraceptivos; e a inserção da prática de atividades físicas para atingir o emagrecimento e fortalecimento muscular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Amores a opinião de todos é de grande importância para mim, por isso não passem aqui sem comentar.

Beijos queridos e voltem sempre.